Sofro de EP?

Para que a Ejaculação Precoce seja diagnosticada, não basta que existam somente sintomas e incapacidade de controle da ejaculação.

Para que isso seja considerado um problema, é necessário que os sintomas estejam associados a sofrimento emocional para o homem, a mulher ou o casal. Sim, pois se o homem apresenta Ejaculação Rápida e a mulher por algum motivo chega ao orgasmo muito rápido, ou prefere chegar ao orgasmo de outras formas que não a penetração, isso pode não se configurar em algo a ser resolvido para o casal e consequentemente não necessitar de um tratamento específico.

Além disso, existe um descompasso natural em relação ao tempo que o homem e a mulher levam para chegar ao orgasmo.  A mulher, quando bem preparada chega ao orgasmo entre 8 e 20 minutos após a penetração. Em contrapartida, o homem que ejacula em menos de 10 minutos após a penetração já poderia ser considerado portador de EP.

Sendo assim, antes de se fechar um diagnóstico de Ejaculação Precoce, é necessário que se observe atentamente se realmente o homem ejacula rápido demais ou se é a mulher que leva muito tempo para chegar ao orgasmo.

Parceiros

Ritma

Especialistas

Conheça os especialistas

Conte sua historia

Visualizar Enviar

Colaboradores

Arte_Colaboradores
Colaboradores