tratamento ejaculação precoce

Tratamento Ejaculação Precoce – Psicoterapia

Para muitos especialistas, a forma mais efetiva de tratamento de Ejaculação Precoce é Misto; isto é, o uso de medicamentos associado a psicoterapia.

Atualmente sabemos que o emocional interfere diretamente em questões relacionadas à sexualidade, entre elas a Ejaculação Precoce, seja na causa do problema ou nas conseqüências geradas nos relacionamentos afetivos, auto-estima e qualidade de vida do sujeito.

A Psicoterapia pode ser definida como um processo de duração determinada ou não, com o objetivo de promover o “pensar” com o objetivo de levar o paciente a um maior desenvolvimento pessoal, emocional e criativo, e como conseqüência o alívio se sintomas e sofrimento criados por situações “mal resolvidas” da vida do sujeito. Aprofundando-se nos problemas que precisam ser trabalhado é possível descobrir causas, rever valores e desfazer os “nós” que estejam causando sofrimento e problemas, no caso, a Ejaculação Precoce.

É importante salientar que o trabalho psicoterapêutico é realizado por um profissional graduado em Psicologia, o qual está apto a trabalhar as questões emocionais relacionadas ao problema , mas não a receitar medicamento de qualquer espécie. No caso da necessidade de uso de medicação, é necessário consultar um psiquiatra ou neurologista.

A escolha de um psicoterapeuta é uma questão muito pessoal e envolve uma grande dose se simpatia pelo profissional. O importante é conhecer e se identificar a pessoa e com a maneira a qual ela trabalha, já que este profissional estará junto com o sujeito abordando questões difíceis e muito íntimas da vida do paciente.
A Ejaculação precoce, assim como outros distúrbios da sexualidade, traz grande sofrimento emocional para seu portador.

É possível que já exista uma situação difícil como causa do problema de EP, mas existe também todo o sofrimento emocional que a EP gera no sujeito, na parceira e muitas vezes até na família.
A psicoterapia abordará todas essas questões, trabalhando tanto possíveis motivos para o sujeito ter desenvolvido Ejaculação Precoce quanto a ansiedade e problemas que foram provocados pela EP, o que envolve baixa auto-estima, dificuldade de relacionamento entre outros.

Entretanto, é necessário mencionar não são todas as pessoas que se dispõe a submeter-se a um tratamento psicoterapêutico. É preciso ter disponibilidade e condição psicológica e intelectual para “mexer” com traumas, problemas e situações difíceis da vida da pessoa. Isso normalmente não é tarefa fácil e nem todas as pessoas acreditam ou estão dispostas a “se abrir” para um trabalho deste nível, neste caso o sujeito deverá procurar outra forma de tratamento, como o medicamentoso ou cirúrgico.

Parceiros

Ritma

Especialistas

Conheça os especialistas

Conte sua historia

Visualizar Enviar

Colaboradores

Arte_Colaboradores
Colaboradores